Vânia Teixeira é médica veterinária no Hospital Veterinário de Santa Marinha

 

O golpe de calor é uma das causas de morte mais comuns nos animais de estimação, no Verão, por isso é considerada uma urgência médica. Consiste na subida da temperatura corporal do animal acima do normal, ou seja, acima dos 40ºC, consequentemente o animal absorve mais calor do que aquele que consegue dissipar, e isso pode conduzir a uma falha multiorgânica (falha geral dos orgãos vitais).

Os cães e os gatos não transpiram. Eles arrefecem o corpo através da respiração (arfar), aumentando a frequência respiratória; as almofadas plantares e as zonas de pouco pêlo também ajudam no processo de arrefecimento corporal.

Os animais mais sensíveis ao golpe de calor são os geriátricos (com mais de 8 anos), os muito jovens (até aos 12 meses), os obesos (com peso acima do ideal), os que têm problemas cardíacos e/ou respiratórios e as raças braquicefálicas (focinho achatado), como por exemplo o Bulldog Francês e o Bulldog Inglês.

Para evitares que o teu animal sofra um golpe de calor, recomendamos que não passeies nem faças exercício com ele, nas horas mais quentes (entre as 11h e as 17h); deves ter água fresca e limpa sempre disponível ao teu animal; deves ainda ter sempre sombra disponível no local de descanso. Nunca deixes o teu animal sozinho no carro; durante qualquer viagem, deves manter as janelas do carro abertas ou o ar condicionado ligado, e ter o cuidado de parar de 2 em 2 horas para dar água fresca ao teu animal. Nunca o deixes preso ao sol, isso é extremamente importante para evitar o Golpe.

Sinais clínicos que evidenciam o golpe de calor:
  • respiração ofegante
  • salivação excessiva
  • pele muito quente
  • batimento cardíaco acelerado
  • temperatura retal elevada
  • fraqueza muscular, sem reacção
  • vómito
  • diarreia
  • descoordenação
  • tremores

 

Não deixes de dar atenção a estes sinais. O golpe de calor pode ser fatal para o teu animal de estimação, se não for detectado e tratado a tempo pelo seu médico veterinário corres o riscos de comprometer o normal funcionamento dos orgãos vitais e deixar-lhe danos permanentes.

Como deve agir?

Tal como te alertamos inicialmente, o golpe de calor é uma urgência médica, de maneira que deves dirigir-te de imediato para o seu veterinário.

Enquanto não chegas ao veterinário, deves molhar todo o corpo do animal com água fria (nunca usar água gelada) para o tentar arrefecer, ou embrulhá-lo em toalhas húmidas e ir molhando as mesmas aos poucos. Deves também oferecer água e humedecer a boca do teu animal, sem forçá-lo a beber, e sem deixar que beba em excesso. No transporte até ao médico veterinário, não o coloques dentro da transportadora, nem o confines, ligua o ar condicionado no máximo ou leva os vidros todos abertos. Está atento, não facilites, o golpe de calor pode ser fatal para o teu animal.

Hospital Veterinário de Santa Marinha
  • Morada: Rua D. Henrique de Cernache, 183
    4400-625 Santa Marinha
    Vila Nova de Gaia
  • Telefone
    22 375 23 75
  • Facebook
  • Site
  • E-mail

Leia também

O testemunho impressionante de quem lida diariamente com a parvovirose

Com uma mão segura uma seringa, com a outra cobre o rosto, mas não consegue esconder o ar …