Alguém tem de dizer a estes cães (ou aos donos) que no Halloween, Dia das Bruxas por cá, é suposto ficarem assustadores, não ainda mais adoráveis. Como na tradição norte-americana valem todos os disfarces, horripilantes ou não, em vez dos vampiros, zombies e noivas cadáver que nos habituámos a ver por cá, estes cães desfilaram por Manhattan vestidos de piloto, egípcios, algodão doce, aquário ou de Donald Trump em Porto Rico — esperamos que nenhum contra a sua vontade. Sempre com os donos disfarçados a rigor, como mostra a fotogaleria da agência Reuters. Como a mulher vestida de anjo que empurra um Yorkshire Terrier versão diabo. Ou a família “Onde está o Wally?” e os astronautas que ensinaram o seu animal a ser o que ele quiser. Sem precisar de pedir, levam todos os nossos biscoitos.

Leia também

Um lar para animais idosos repousarem no sofá (ou nos jardins)

Estão sempre livres, podem escolher entrar dentro de casa ou passear nos jardins, lá fora.…