A fotografia de uma cadela sénior venceu, pela primeira vez, o concurso anual de fotógrafos de cães, lançado pelo Kennel Club. A “maior organização do Reino Unido dedicada ao bem-estar dos cães” recebeu 10.000 candidaturas de 70 países.

Monica van der Maden, holandesa, fotografou Noa, uma dogue alemão de pêlo preto, sozinha numa floresta, também ela de cores escuras. A fotógrafa profissional é a vencedora da 13.ª edição da competição Dog Photographer Of The Year, considerada uma das maiores do mundo. Há uma portuguesa na lista de vencedores: Joana Matos tirou a melhor fotografia na categoria de “melhores amigos dos humanos”.

O concurso internacional reúne categorias como retratos; o melhor amigo dos humanos; cães a brincar; cães a trabalhar; cachorro; “sénior” (oito anos ou mais); cães de assistência e cães de resgate. As três melhores imagens de cada grupo vão estar expostas na sede da organização em Londres, até 5 de Outubro.

Margarida Cardoso, uma fotógrafa portuguesa, foi a vencedora da edição de 2017, com uma fotografia de “uma sapatilha esburacada e um olhar doce”: isto é, o sapato da dona e os olhos de cachorrinho de Yzma, a cadela recém-adoptada que rompeu a sapatilha.

Há um concurso para as fotografias de animais mais cómicas. Eis os vencedores

Leia também

Um lar para animais idosos repousarem no sofá (ou nos jardins)

Estão sempre livres, podem escolher entrar dentro de casa ou passear nos jardins, lá fora.…